Veja minha participação no Jornal da Gazeta

February 24, 2017 |

Televisão

Laura Cardoso é um dos ícones da cena nacional. Com quase 90 anos, 70 deles dedicados ao cinema, TV, rádio e teatro, ela ganha uma justa homenagem no Itaú Cultural, na Avenida Paulista, a partir desta semana. A Ocupação Laura Cardoso reverencia a trajetória da atriz, reunindo fotos, documentos, textos dramatúrgicos e publicações. E coloca o público em contato com alguns dos seus personagens, especialmente da TV e do cinema, através de recursos audiovisuais. A programação tem ainda leituras dramáticas de textos teatrais e roteiros de novela e de cinema, e oficinas de sonoplastia, que lembram a atuação de Laura no Rádio.
Na Praça Roosevelt, destaque para “Cabaret Fucô”, com a Cia. de Teatro Os Satyros. O texto de Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez gira em torno de um cabaré de boêmios, onde se discutem temas como o feminismo, a repressão sexual e os controles sociais. Esses temas viram quadros de um show de variedades marcado pelo ridículo e pela poesia.
E logo depois do carnaval, no dia 2 de março, estréia Material Bond, nova montagem da Kiwi Companhia de Teatro, na Oficina Cultural Oswald de Andrade. O texto se inspira na obra do britânico Edward Bond, importante dramaturgo da atualidade, embora praticamente desconhecido por aqui. Tem mais de 50 textos teatrais, a maioria montada mais na França e Alemanha do que na Inglaterra, onde ele proibiu apresentações de suas obras. Gosta de tratar sobre os desequilíbrios das sociedades contemporâneas, processos de desumanização, violência e brutalidade. Tanto no tema quanto na arquitetura do espetáculo, ele propõe uma dramaturgia em sintonia com o mundo atual. No elenco estão a atriz Fernanda Azevedo e o multi instrumentista Eduardo Contrera. Roteiro e direção são de Fernando Kinas.
Boa Noite.