Veja minha participação no Jornal da Gazeta

May 30, 2014 |

Televisão

Bibi Ferreira fez sua estreia no palco com menos de um mês de vida, na peça Manhãs de Sol, de seu padrinho, Oduvaldo Vianna.
A relação de Bibi com os palcos, portanto, é vital. Aos 93 anos, ela está mais ativa do que nunca e volta à capital paulista para encerrar a turnê de dois anos com o show “Bibi – Histórias e Canções”, depois de visitar várias capitais brasileiras e cinco países. Até o fim de julho, no palco do Teatro Shopping Frei Caneca, acompanhada por 20 músicos,Bibi canta fado, tango, ópera, trechos de musicais americanos e o repertório de Edith Piaf.Tudo em pé, andando pra lá e pra cá, sobre saltos altíssimos! Fenomeno! No Sesc Pompeia, em São Paulo, começa hoje e vai até 10 de agosto o evento internacional de arte contemporânea Multitude. Com curadoria geral do artista plástico Lucas Bambozzi e da diretora teatral Andrea Saturnino, o projeto reúne exposição, espetáculos e ciclo de encontros, que enfocam o conceito de multidão. O festival começa com uma mostra, que ocupa a área de convivência e reúne, entre muitos outros, trabalhos do argentino Leandro Katz, da jordaniana Ala Younis, do grupo inglês Blast Theory, e da brasileira Giselle Beiguelman. Programação completa no portal do SESC. E o Theatro Municipal de São Paulo divulgou esta semana a relação das óperas de sua temporada de 2015. Serão oito títulos: “Othelo”, de Verdi; “Ainadamar”, de Golijov; “Um Homem Só”, de Camargo Guarnieri; “Eugen Onegin”, de Tchaikovsky; “Thaïs”, de Massenet; “Manon Lescaut”, de Puccini; “Lohengrin”, de Wagner, e “Così fan Tutte”, de Mozart. A venda de assinaturas deve começar em outubro. Boa noite.