Veja minha participação no Jornal da Gazeta

May 9, 2014 |

Televisão

Nos próximos dias, poderemos degustar cultura da melhor qualidade, em prédios históricos do centro de São Paulo. Por exemplo, no Teatro Jaraguá, do Hotel Jaraguá, Rua Martins Fontes, instalado no edifício modernista que foi sede, por algumas décadas, do jornal O Estado de S. Paulo, José Possi Neto dirige o texto mais famoso do ator, diretor e dramaturgo inglês Noel Coward. Trata-se de Vidas Privadas, uma trama dos anos 30, em que dois divorciados se reencontram no sul da França, com os novos parceiros, e se apaixonam de novo. O humor sutil e os jogos de palavras de Coward são deliciosos. A estreia é amanhã.
Não longe dalí, na Avenida São João, no belíssimo prédio do Conservatório Musical, construído no finzinho do século 19, e que hoje faz parte da Praça das Artes, o violoncelista paraibano Raiff Dantas se apresenta na segunda-feira, tocando três sonatas de Bach. Só ele, no palco da sala mais bela do Conservatório, antigamente chamada de Sala Steinway.
Do outro lado do vale do Anhangabaú, na esquina da Rua da Quitanda, o Centro Cultural Banco do Brasil, instalado no lindo prédio que foi a primeira sede do banco na cidade, de 1901, apresenta uma mostra em homenagem ao centenário do pintor gaúcho Iberê Camargo. “Um Trágico nos Trópicos” reúne quase 150 obras, entre elas 50 pinturas, a maioria do acervo da Fundação Iberê Camargo, de Porto Alegre, selecionadas pelo curador Luiz Camillo Osório, do MAM do Rio. O catálogo da mostra traz textos e entrevistas de Iberê para algumas personalidades culturais, como Clarice Lispector, Jorge Guinle Filho e Flávio Aquino.
Não percam, as atrações e os endereços. Boa Noite