Veja a minha participação no Jornal da Gazeta

October 10, 2013 |

Televisão

A pedidos, hoje vamos falar de dança, já que outubro e novembro, normalmente, trazem uma programação alentada no setor. De hoje ao fim do mês, o teatro Sérgio Cardoso apresenta a mostra Mais Sentidos, uma série de espetáculos realizados por artistas com e sem deficiência. São 10 grupos e solistas do Brasil, Portugal e Escócia. E a grande maioria dos espetáculos é de dança, com audiodescrição, legendas e acessibilidade total. Destaque para a coreografia no singular, da Quasar Cia de Dança, que tem a participação do público, e para os espetáculos Dez mil seres, da companhia portuguesa dançando com a diferença, e se estes espasmos pudessem falar, do escocês Robert Softley.
No Teatro Alfa, no domingo, reúnem-se várias estrelas da dança no espetáculo de gala Stars of Today Meet Stars of Tomorrow. Como o título indica, nomes como Marcelo Gomes, primeiro bailarino do American Ballet Theatre, Aurora Dickie, primeira bailarina do Washington Ballet, mais Ana Botafogo e Carlinhos de Jesus, num total de 30, dançarão com novos talentos surgidos no Young America Grand Prix, um concurso internacional que tem representação no Brasil.
O Sesc Vila Mariana apresenta, nas duas últimas semanas de outubro Logos-Dioálogos. O violoncelista Dimos Goudaroulis toca as 6 suites de Bach para violoncelo solo, enquanto o público vê coreografias criadas e dançadas por Jorge Garcia, Luiz Arrieta, Henrique Rodovalho, Tíndaro Silvano, Ismael Ivo e Deborah Colker, alguns em solo outros acompanhados de seus bailarinos.
No Sesc Santo Amaro, nos dias 29 a 31 de outubro, acontece o projeto de dança Modos de Existir Módulo III, com obras super contemporâneas, apresentando o balé discrepante, com o grupo da coreógrafa francesa Olivia Grandville; Colonia Penal, da Cia Borelli; feche os olhos para olhar da Descompanhia, do Paraná; Piquenique, do Ateliê de Coreografia, do Rio.
Na temporada de dança do Teatro Alfa, a próxima atração internacional é a Companhia Eastman, do marroquino Sidi Larbi Cherkaoui, radicado na Bélgica, conhecido no mundo todo, e autor da coreografia do filme Anna Karenina. Ele não virá. Seus 11 bailarinos dançam ao som do grupo a Filetta, da Córsega, e da voz da libanesa Fadia El Hage. Do dia 25 ao 27 de outubro.
Depois disso, o Alfa apresenta o mais recente trabalho de Bruno Beltrão, e seu grupo de rua, nos dias 9 e 10 de novembro. E fecha o ano com a chegada do grupo corpo, com a nova coreografia Triz, de Rodrigo Pederneiras, de 20 a 29 de novembro. O corpo sempre abre a temporada do Alfa, em agosto, e faz sua estreia nacional em São Paulo. Este ano fez ao contrário, estreou em BH, foi ao Rio e termina aqui.
Para terminar, uma correção: na semana passada, por um lapso, eu chamei o ícone da arquitetura carioca, Afonso Reidy, de Adolfo. A família reclamou, com razão. Minhas desculpas.


Entrevistando meu pai

October 9, 2013 |

Ponto de Vista

Quem ainda não teve ocasião de ver, este é um vídeo que eu, o Galileu Garcia Jr e o Marcos Weinstock fizemos no encerramento da mostra da coleção do meu pai na Estação Pinacoteca, no fim de 2010. Ele ainda estava ótimo, como vocês poderão constatar. Curtam.


De volta ao começo

October 7, 2013 |

Ponto de Vista

Caros, não vou alterar minha foto de perfil por causa da Semana da Criança. Mas como colaboração ao espírito do momento, que tomou conta do face, coloco a mais antiga foto minha que encontrei na casa do meu pai: eu com meses de idade, com meus pais, na frente do Castello Sforzesco, em Milão. Inverno 48/49. Pai e mãe por volta dos 23/24 anos. Minha mãe, pelos meus cálculos, já grávida de meu irmão Carlos, que nasceu em São Paulo. Ela veio da Itália de navio, bem grávida, sozinha, comigo que tinha pouco menos de 1 ano e uma babá. Meu pai tinha vindo antes, de avião. Naquele tempo, grávidas acima de sete meses não podiam voar… Abrindo o baú, que é imenso. Prometo não me exceder.

1375778_339126576224980_1558309225_n



Veja a minha participação no Jornal da Gazeta

October 3, 2013 |

Televisão

O Instituto Tomie Ohtake, em Pinheiros, abriu hoje uma importante exposição sobre a obra do cineasta português Manoel de Oliveira, que está com quase 105 anos. A mostra foi concebida pela Fundação Serralves, do Porto, em 2008, ano de seu centenário. De lá para cá, produziu mais cinco títulos! A exposição reconstrói a vida deste fenômeno do cinema, que foi também ator, trapezista, atleta, piloto de automóvel. Faz parte da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, e ocupa duas salas grandes do mezzanino do Instituto, com documentos, cartazes, fotos e projeções de trechos de filmes. Até 10 de novembro.
A Galeria Nara Roesler, nos Jardins, abriu hoje uma grande mostra do argentino Julio le Parc, que ocupa todos os seus espaços internos e externos. O mestre da arte cinética, radicado em Paris, que acaba de fazer 85 anos, veio para o vernissage e uma conversa com o público. E, além de obras que cobrem 55 anos de produção, trouxe uma nova, concebida para a mostra. Até 30 de novembro.
O MAM, no Ibirapuera, abre no sábado seu 33º Panorama da Arte Brasileira. A curadora, Lisette Lagnado, desafiou vários arquitetos a pensarem uma nova sede para o museu, e alinhavou tudo com projetos de Lina Bardi, Oscar Niemeyer, Affonso Eduardo Reidy, para este e outros museus. E juntou obras de artistas plásticos que tivessem ligação com o assunto. O resultado é uma mostra diferente, que ocupa todo o espaço do museu, sem nenhuma divisão. São maquetes e projetos espalhados pela sala, e algumas obras, fotos e documentos nas paredes estruturais. Durante a mostra, a entrada do museu volta a ser aquela criada por Lina Bardi, de frente para a Bienal. A mostra terá desdobramentos no centro da cidade a partir do dia 19. Fica até o fim do ano.
A Orquestra Sinfônica de São Paulo embarca para mais uma Turnê Internacional, com agendas na França, Alemanha, Suíça, Áustria, Inglaterra e Irlanda, em palcos consagrados. A Osesp será comandada pela regente titular, Marin Alsop, com solo do pianista Nelson Freire. O programa tem uma fantasia sobre nosso hino nacional, de Clarice Assad, e alterna concertos para piano de Chopin e Beethoven, e sinfonias de Mahler, Prokofiev e Camargo Guarnieri. A estreia será dia 7, na Salle Pleyel de Paris. Passa por Wiesbanden, Colonia, Toulouse, Genebra e Zurique. Na Áustria, toca em Viena, faz três concertos na sede do Festival de Salzburgo, e termina em Linz. No dia 21 toca na sede da Filarmônica de Berlim, e no dia 25 se apresenta no Royal Festival Hall, em Londres, dentro do festival The Rest is Noise, para o qual preparou um programa especial com uma sinfonia de Luciano Berio, e participação dos Swingle Singers. A turnê termina com apresentações em Dublin e Manchester.


Meus pais

October 2, 2013 |

Ponto de Vista

Queridos, andei falando muito do meu pai, agora quero lhes apresentar minha mãe, que foi uma mulher adorável, nas palavras de todos os que a conheceram. Aqui, pai e mãe, numa foto aos 15/16 anos, indo ou voltando do Dante Alighieri. Os dois estudavam na mesma classe e eram quase vizinhos, a dois passos da Paulista: meu pai morava na Peixoto Gomide, no primeiro quarteirão do parque, e minha mãe na Plinio Figueiredo (a rampa ao lado do Masp).Domingos e Vera