Veja minha participação no Jornal da Gazeta

June 10, 2016 |

Televisão


Gabriela, o mais famoso personagem de Jorge Amado, acaba de chegar ao palco. Depois de um filme e três novelas, a história de amor de Gabriela e Nacib virou um musical, graças ao diretor João Falcão, que dedicou ao projeto oito anos de trabalho. Ele adaptou o texto e criou o cenário, nada naturalista, cheio de estruturas de metal e de esteiras rolantes. Também é dele a escolha da trilha sonora, que tem composições de Dorival Caymmi, Tom Jobim, Caetano Veloso, Gonzaguinha, Marisa Monte e vários outros. Gabriela é vivida pela cantora paraense Daniela Blois, escolhida entre 700 candidatas. Ao todo são 21 atores e 5 músicos. A montagem estreou ontem no teatro Cetip, e fica até 7 de agosto.
A Dan Galeria apresenta a partir de amanhã uma mostra de Macaparana, que tem uma carreira marcada pelo rigor e criatividade ao compor geometrias, muito pessoais, sob a inspiração de Willys de Castro. Sua arte já foi exposta no Masp, na Bienal, na Pinacoteca e no exterior. Agora ele apresenta trabalhos em metal, madeira e papel. Até 30 de julho.
E na terça feira, a 14ª edição do Prêmio Brasil Fotografia se instala no Espaço Cultural Porto Seguro, um belo prédio contemporâneo, criado por Yuri Vital e Miguel Muralha, do escritório São Paulo Arquitetura. O espaço foi inaugurado em janeiro, portanto esta é a primeira mostra dos vencedores do prêmio, criado pela Porto Seguro há 15 anos, realizada em sua sede definitiva. A curadoria geral é de Cildo Oliveira. Destaque para o Prêmio Especial, pelo conjunto da obra, este ano outorgado a Evandro Teixeira. O carioca Luiz Baltar e o paulista Marlos Bakker são os ganhadores da vez. Trata-se de um dos mais importantes prêmios nacionais para a fotografia, seja em prestígio, seja em valores. A mostra vai até 14 de agosto. Tanto as fotos quanto o prédio, no antigo bairro dos Campos Elísios, valem uma visita.
Boa noite.