Veja minha participação no Jornal da Gazeta

November 4, 2016 |

Televisão

Zeca Pagodinho se apresenta em São Paulo hoje e amanhã. Estará no palco do Citibank Hall trazendo seu show Ser Humano, nome de uma das músicas de seu mais recente CD. No show ele mistura últimos lançamentos com clássicos de uma carreira de mais de 30 anos, 23 álbuns e muitos prêmios, incluídos 5 Grammys. No palco com ele, a banda Muleke, que o acompanha desde sempre. Pagodinho deve ser reverenciado por seu empenho em manter viva a tradição do samba de morro, em tempos de funks, pops e technos.
Outra artista dedicada a uma música essencialmente brasileira é Daniela Mercury, que estará dia 8 no Teatro Porto Seguro, com o show que lança seu novo DVD, O Axé, A Voz e o Violão. No palco apenas ela e o violonista Alexandre Vargas.No repertório, sucessos de seus 35 anos de carreira e clássicos da MPB. Na intenção, contar sua vida, embasar o axé e relembrar o desafio que foi colocar música eletrônica no carnaval.
Os últimos concertos do ano da Sociedade de Cultura Artística, na sala São Paulo, serão na segunda e terça feira. O grande violoncelista brasileiro Antonio Meneses é o convidado da Orquestra Gulbenkian, de Lisboa. Na segunda,Meneses e orquestra tocam o concerto para violoncelo de Edouard Lalo. E a Gulbenkian toca obras do contemporaneo português Pedro Amaral e de Dvorak. Na terça, Meneses toca o concerto para violoncelo nº 1 de Shostakovich e a orquestra sinfonias de Schubert e Mendelssohn. Meneses e a Gulbenkian também se apresentam domingo, no palco externo do Auditório Ibirapuera, sem cobrança de ingressos.
Ficção científica no teatro é o que propõe o espetáculo Ovono, da Kompanhia do Centro da Terra, que estreia amanhã no Centro Cultural Banco do Brasil. Texto, direção e cenografia são de Ricardo Karman. Um osso gigantesco está para atingir a terra causando imensa devastação. Um computador, dotado de inteligência artificial, é capaz de salvar o planeta. Mistura de teatro, mímica, vídeo e animação computadorizada. Os 6 atores interagem com imagens digitais. Uma experiência diferente. Boa Noite.






Veja minha participação no Jornal da Gazeta

October 28, 2016 |

Televisão

Estamos em plena temporada cultural. A agenda da cidade está abarrotada. Escolher é um dilema. Nas artes visuais, destaque para a mostra da obra de Eliseu Visconti que a Galeria Almeida e Dale abre amanhã. Uma mostra de Visconti, precursor da arte moderna, é uma raridade. Encontrar 40 pinturas suas, do fim do século 19 até meados da década de 30 é um privilégio para os interessados. Outra mostra importante é a que o Centro Cultural Bando do Brasil abre no feriado do dia 2 sobre a arte de Hector Zamora. O artista mexicano, que já morou no Brasil e hoje vive em Lisboa, traz desenhos, esculturas, instalações e vídeos, e faz uma performance especialmente criada para o grande átrio do CCBB. Além disso, também no dia 2 abre a Feira Parte, de arte contemporânea, na Hebraica. São mais de 40 galerias, a maioria de São Paulo, de outras capitais brasileiras e muitas argentinas. A Parte traz uma arte acessível, para novos colecionadores.
No teatro, destaque para duas montagens que vão ocupar o teatro do Masp em novembro. Ambas dirigidas por Elias Andreato. Do dia 3 ao dia 13, estará em cartaz Camille e Rodin, sobre a história de amor entre os escultores Camille Claudel e Auguste Rodin, com Leopoldo Pacheco e Melissa Vettore. Do dia 17 ao 27, será apresentada a peça Isadora, sobre a bailarina Isadora Duncan, com Melissa Vettore e Daniel Dantas.
A grande estréia teatral no entanto é hoje, no teatro Vivo. Chega do Rio o musical Jim, com Eriberto Leão vivendo um fã de Jim Morrisson, vocalista do The Doors, que morreu há 45 anos. Através dele a peça mostra toda a música, a poesia e a rebeldia desse ícone do rock dos anos 60. E falando em rebelde a grande Elza Soares está em cartaz até amanhã no Sesc Pinheiros, cantando as músicas de seu recente álbum, a Mulher do Fim do Mundo, agora lançado em vinil. Elza está sentada num trono, no meio de um cenário que tem mil sacos plásticos de lixo. Só ela mesmo. Boa Noite.