Veja minha participação no Jornal da Gazeta

September 1, 2017 |

Televisão

O maestro inglês Sir Richard Armstrong está em São Paulo para reger a nossa Sinfônica pela sétima vez. Nesta participação na Temporada da Osesp, ele conduzirá um programa muito especial: o segundo ato da ópera Tristão e Isolda, de Richard Wagner. A apresentação será na versão orquestrada e terá cinco solistas vocais, entre os quais o tenor sueco Lars Cleveman, como Tristão, e a soprano inglesa Rachel Nicholls, como Isolda. Por seu caráter operístico, as récitas desta semana, excepcionalmente, têm um calendário diferenciado: começaram na quarta e são repetidas hoje e domingo, na Sala São Paulo. Armstrong tem um alentado currículo: já foi diretor musical das Óperas de Gales e da Escócia, e esteve no comando da Filarmônica de Londres e das Sinfônicas da BBC e de Melbourne.
Outro grande destaque desta semana começa amanhã na Pinacoteca do Estado. Trata-se de uma grande mostra que percorre as quase seis décadas da obra do pintor Di Cavalcanti. Este ano comemoram-se os 120 anos de seu nascimento. E o intuito da exposição é mostrar a preocupação de Di em instalar o modernismo no Brasil, que ele considerava atrasado com relação à Europa. São mais de 200 obras, entre pinturas, desenhos e ilustrações, reunidas entre acervos de importantes coleções públicas e privadas do Brasil, Argentina e Uruguai. As obras serão distribuídas por sete salas do primeiro andar do grande prédio da Luz. A curadoria é de José Augusto Ribeiro. A mostra fica em cartaz até 22 de janeiro, e até lá será lançado um catálogo completo.
E na Galeria Olido, estreou esta semana a montagem “Do Capão pro Mundo, Um musical de Hip Hop”, uma das primeiras produções dedicadas ao estilo. A trama fala de um garoto da periferia que, desde muito cedo, convive com o mundo das drogas. Tudo indica que terá o mesmo fim de tantos outros jovens como ele. Quando tudo parece não ter mais saída, ele é salvo pela música. A entrada é gratuita. Boa Noite.




Veja minha participação no Jornal da Gazeta

August 25, 2017 |

Televisão

Deborah Colker e sua companhia de dança são a segunda atração da Temporada de Dança do Teatro Alfa. Seu novo espetáculo Cão sem Plumas estréia hoje e segue em cartaz até o dia 2 de setembro, já com alguns setores da plateia esgotados, tal o sucesso que essa bailarina e coreógrafa faz nesta cidade de público exigente. Desta vez, Débora se debruça sobre a obra homônima de João Cabral de Melo Neto que fala sobre o Rio Capiberibe, o mangue e as populações ribeirinhas. Segundo Deborah, é um trabalho sobre o inconcebível: a persistência no descaso com os necessitados e o meio ambiente, e a destruição do que é cheio de vida. Cenas filmadas no trajeto do rio por Cláudio Assis, no fundo do palco, dialogam com os corpos dos 13 bailarinos, bichos-homens, cobertos de lama feito caranguejos. Na música, mais dois pernambucanos: Jorge Du Peixe e Lirinha. Deve ser forte. Deve ser ótimo.
O 28° Festival Internacional de Curtas-metragens de São Paulo está em cartaz em seis endereços, até 3 de setembro. São 365 filmes de 55 países. O lema é o humor sobre assuntos polêmicos, como uma coletânea do Porta dos Fundos que aborda a fé no mundo moderno; ou uma retrospectiva de curtas cômicos de José Roberto Torero e Kleber Mendonça. Além de homenagens ao francês Jacques Rivette, expoente da Nouvelle Vague, e à suíça Carole Roussopoulos, que documentou o feminismo e a luta das minorias. O festival ainda celebra a presença brasileira nos 70 anos de Cannes e os 50 anos do Festival de Viña del Mar. Ingressos gratuitos. Informações em kinoforum.org/curtas.
O fotógrafo alemão Michael Wesely abriu exposição na galeria Casa Nova, apresentando 12 trabalhos, muitos deles feitos no Brasil em 2003 e no ano passado, e nunca mostrados em São Paulo. Wesely é conhecido por sua técnica de longa exposição. Ficou famoso seu trabalho em que documenta a construção da Potsdamer Platz em Berlim. Nos últimos tempos, Wesely está documentando a construção do novo prédio do Instituto Moreira Salles, na Avenida Paulista.E essas fotos devem inaugurar o espaço, no mês que vem. Boa Noite.