Veja minha participação no Jornal da Gazeta

March 13, 2015 |

Televisão

Depois de uma temporada de sucesso no Rio estreia hoje, no Teatro Vivo, a peça “Chuva Constante”, com Malvino Salvador e Augusto Zacchi. Sob a direção de Paulo de Moraes, eles vivem dois policiais, amigos de infância, que se veem envolvidos em acontecimentos que afetarão suas vidas para sempre. Com texto do americano Keith Huff, a montagem foi sucesso na Broadway, com os astros Daniel Craig e Hugh Jackman, batendo o recorde de bilheteria de espetáculo não musical, em 2009. Steven Spielberg planeja levar a história para o cinema.
Diogo Vilela e Sylvia Massari também estreiam hoje a comédia “Sim, Eu aceito”, aqui no Teatro Gazeta. A peça é um antigo sucesso da Broadway, que desde 1951 já foi vivido por Jessica Tandy, Lili Palmer, Rex Harrison, e até Rock Hudson. Esta versão tem texto de Tom Jones e
música de Harvey Schmidt, com versão brasileira de Flávio Marinho e direção de Cláudio Figueira. Num tour de force, os dois atores interpretam os 50 anos de vida em comum de um casal.
Maria Bethânia também chega a São Paulo, amanhã, no HSBC Brasil, com o show que comemora os seus 50 anos de carreira, contados desde fevereiro de 1965, quando substituiu Nara Leão no espetáculo “Opinião”. E virou estrela na mesma noite, com sua interpretação agressiva de Carcará. Bia Lessa a dirige mais uma vez. Nas cinco apresentações em São Paulo, Bethânia promete um pouco de tudo o que sabe fazer, de tudo o que já cantou, e ainda alguma coisa nova.
E o Theatro Municipal de São Paulo abriu sua Temporada Lírica 2015 com uma nova montagem do “Otello”, de Verdi, baseado em Shakespeare. A direção cênica é do italiano
Giancarlo Del Monaco e a regência de John Neschling. No elenco, o tenor americano Gregory Kunde será Otello e a soprano croata Lana Kos viverá Desdêmona. Mais oito récitas até o fim do mês.
Boa Noite.