Veja minha participação no Jornal da Gazeta

October 31, 2014 |

Televisão

O Instituto Moreira Salles organiza hoje a quarta edição do Dia D – Dia Drummond. A iniciativa quer transformar o 31 de outubro, dia do nascimento do poeta Carlos Drummond de Andrade, que viveu de 1902 a 1987, numa data do calendário cultural do país. A comemoração segue pelos próximos dias nas sedes do IMS no Rio, São Paulo e Poços de Caldas, e também em instituições parceiras por outros estados, como Santa Catarina, Pernambuco, Paraiba e Ceará. A novidade deste ano é o filme Vida e verso de Carlos Drummond de Andrade, produzido pelo IMS, com roteiro e direção de Eucanaã Ferraz e fotografia de Walter Carvalho. Baseado na leitura criada para o palco do IMS/Rio em 2013, o filme reúne quatro escritores contemporâneos: Joca Reiners Terron, Antonio Cicero, Alberto Martins e Afonso Henriques Neto. O primeiro conta fatos marcantes da vida do autor, e os demais pontuam a cronologia lendo seus poemas, cartas, diários, crônicas e ensaios. Saraus, palestras e espetáculos completam a programação, toda reunida em diadrummond.com.br.
As Galerias Fortes Villaça e Mendes Wood se juntam à Pinacoteca do Estado para colocar em evidência a obra do argentino Guillermo Kuitca, um ícone das artes latino-americanas e do mercado internacional. A mostra do museu já está em cartaz a tempos. As duas galerias abriram as suas ontem, em ação coordenada. A primeira apresenta 18 trabalhos da série Diários, que começou em 1994. São telas que o artista estende em sua mesa de trabalho, em que vão sendo gravadas ideias, rascunhos, números, lembretes. Na outra, uma série de pinturas de vários formatos que remetem aos temas caros ao artista, como a cartografia e paisagens soturnas.
Boa noite.