Veja minha participação no Jornal da Gazeta

September 15, 2017 |

Televisão

Dois grandes compositores contemporâneos estão em São Paulo esta semana para tocar ou reger suas obras. Um deles é o polonês Krzystof Penderecki, que volta a conduzir a Orquestra Sinfônica do Estado depois de 13 anos. Hoje à noite e amanhã à tarde, na Sala São Paulo ele e a Osesp apresentam duas obras suas: o “Hino a São Daniel” e a “Sinfonia nº 4 – Adagio”. Ainda no programa, o Concerto nº 1 Para Violino”, de Karol Szymanowski, com solo da violinista alemã Isabelle Faust.
O outro é o americano Philip Glass, que chega com a turnê mundial que celebra seus 80 anos. Aqui, ele tem dois concertos agendados. Um amanhã à noite, na Sala São Paulo, com ingressos já esgotados. E outro no domingo, gratuito, na área externa do Auditório Ibirapuera. Com ele, quatro pianistas convidados: Maki Namekawa, Jenny Lin, Ricardo Castro e Heloisa Fernandes. No programa, trechos da trilha sonora do filme “Mishima”, além de estudos, faixas do álbum “Metamorphosis” e o dueto “Stokes”.
A diretora e cenógrafa Bia Lessa também está em São Paulo, no Sesc Consolação, com seu novo trabalho: uma montagem teatral do Grande Sertão Veredas, a obra máxima de Guimarães Rosa. Bia já se debruçou sobre o texto quando fez a instalação que inaugurou o Museu da Lingua Portuguesa, em 2006. Agora ela tem Caio Blat para viver Riobaldo, o herói sertaneja que caça seu inimigo, faz um pacto com o diabo e vive seu amor por Diadorim, a mulher que se passa por jagunço. O cenário é uma instalação que pode ser visitada a qualquer dia da semana. A peça cumpre temporada de quinta a domingo.
E a Studio3 Cia. de Dança, apresenta amanhã e depois, no teatro Alfa, o espetáculo Um Certo Canto Brasileiro, de Anselmo Zolla. Com o diretor musical Felipe Venancio, ele escolheu para trilha músicas ícones do cancioneiro nacional, cantadas por Caetano, Chico, Roberto Carlos, Maysa, Cartola, Milton Nascimento, Tim Maia, Bethania, Angela Maria e muitos mais. O cenário é todo de papelão ondulado, assinado por Antonio Lemes. Aproveitem. Boa Noite.


Nenhum comentário.

Deixe seu comentário: